8th abr, 2012

In the Job Market – Journalist –

Do you sometimes feel like making a difference in our society? Do you believe that information and awareness are the strongest weapons at our disposal to fight against whatever is wrong out there? If your answer is yes, then you should consider becoming a journalist.

Information is raw material for journalists. Once they learn about a situation or fact, they have to investigate the source, search for details, and sometimes even interview people to make sure that that situation or fact is true. Then they divulge all possible information, making it public to all recipients of the coverage, so that everybody can be aware of that situation or fact.

A Journalist’s job is to bring out the truth, no matter the subject. That is an important means of exerting power, for once a piece of news is broadcast, there’s no way back. That’s why a journalist must be extremely ethical and responsible. His or her commitment to society is directly related to his commitment to the truth. He or she must chase after the truth, wherever it is, before broadcasting his or her stories. A journalist must never divulge erroneous facts which might involve innocent people or institutions.

A journalist can work in any kind of media: radio, TV, magazines, internet, newspaper, or as a freelancer.

According to Brazilian laws, anybody can be a journalist, even those who haven’t taken any specific course. But the industry still prefers graduated students, those who are properly prepared for the seriousness of this profession.

So, if you want to become a journalist, you should graduate from high school and then take a four-year college course.

Extracted from Upgrade 3, Gisele Aga, Editora Richmond.

Image extracted from here.

Glossary:

at our disposal: à nossa disposição, de que dispomos

Awareness: qualidade de ser ciente, atento

bring out: mostrar, fazer aparecer

broadcast: transmitida, emitida

chase after: perseguir, buscar

commitment: compromisso

exerting: exercendo

feel like: tem vontade de

raw material: matéria-prima

Responses

Então professora, não concordei no fato de hoje não ser mais necessário um curso superior para se tornar jornalista, acho que para um profissional ser muito bom, ele tem que cada vez mais ter sede de conhecimento. É uma profissão que deveria contar somente a verdade, mas esse conceito se perdeu com o tempo e agora penso que só tende a piorar.

Eu concordo com a Victória. Eu acho que quando um profissional que deseja ser mais eficiente em sua posição necessita cada vez mais do conhecimento, ou então será apenas um jornalista.

Realmente a profissão de jornalista não é fácil,muito menos pra qualquer um.Precisa ser uma pessoa interessada e responsável.A ideia de que qualquer pessoa pode exercer essa função,é claro q eu apoio,só não apoio que seja qualquer, no sentido de ser até aqueles que não possuem um estudo específico.Pois,como dito no texto,não se pode errar em nada nesse trabalho,é preciso saber o que vai falar,o que vai passar para o público,então acho necessário as pessoas saberem tudo o que puderem para ocupar esse cargo.

Cara,me amarro em Jornalismo,é uma das minhas opções de faculdade.Quero me focar na área de Jornalismo policial,quero subir morros, estar no meio de confrontos policiais, gosto desse tipo de jornalismo. Acho esse tipo de profissão é muito importante para a sociedade.
Adorei esse Post!

Que bom, Matheus! Quanta coragem a tua! :-)

Acho que em primeiro lugar um jornalista tem que gostar do que faz e ser uma pessoa bem comunicativa, que goste de aventuras, pois a qualquer momento ele pode ser chamado para fazer uma matéria em qualquer lugar. Um jornalista tambem tem que ser uma pessoa bem informada e atualizada com o que acontece no a sua volta.

Leave a response

Your response: