5th out, 2010

Falta um mês para o ENEM!

Estudantes falam da expectativa e como estão se preparando para a prova do Enem 2010

Plantão | Publicada em 05/10/2010 às 01h51m

Melina Amaral

Estudantes falam do Enem

RIO – Daqui a praticamente um mês, mais de 4,6 milhões de estudantes de todo o Brasil vão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio 2010 (Enem), que, além de testar a qualidade da educação no país, pode garantir a esses jovens uma vaga na universidade.

Descrito pelos que já o fizeram como um teste de resistência, devido ao longo tempo de prova – mas ainda assim, segundo eles, insuficiente para o grande número de questões -, o Enem tem deixado muitos estudantes apreensivos com relação às provas dos dias 6 e 7 de novembro.

Fomos conversar com alunos do 3º ano do Liceu Franco-Brasileiro e do Pedro II para saber quais são suas expectativas e como estão se preparando. Segundo eles, nesta corrida contra o tempo, fazer as provas antigas e muitos simulados é a melhor receita para se adaptar ao formato do exame.

PIETRO DE LOESTER (18 anos): “Tenho feito muitos simulados, sempre atento ao tempo. Mas acho que, antes de o governo federal preparar um exame unificado, ele devia homogeneizar os níveis educacionais no Brasil, uma vez que as diferentes regiões do país apresentam disparidades educacionais.”

PEDRO CAVALCANTI TREIGUER (18 anos): “Não fiz a prova do ano passado, mas já soube que o tempo é um fator que atrapalha bastante. Por isso, pretendo começar pelos assuntos ligados às ciências humanas, pois são aqueles com que tenho mais facilidade, deixando as questões mais difíceis para o fim.”

ALEXANDRE BRAGA BADANE COELHO (17 anos): “No meu caso, procuro estudar o máximo sobre diferentes temas. Mas, sinceramente, acho o Enem um exame injusto, pois é uma prova unificada para um Brasil heterogêneo. Algumas questões são muito regionalizadas, algo que pode atrapalhar os estudantes.”

MARCELA LAINO (17 anos): “Acredito que o fator emocional deva ser levado em consideração. Manter-se calmo durante a prova é fundamental para obter resultados positivos, já que as questão não são tão difíceis. Ter controle sobre o tempo e tentar ficar calma são as minhas metas para o exame.”

CAROLINE GRANHA (17 anos):Pretendo começar pela redação, para fazer com mais tranquilidade, depois vou intercalando questões de humanas, com que tenho mais facilidade, com as exatas, que são mais difíceis. E a marcação do cartão-resposta eu acho que deve ser feita com antecedência.”

GUILHERME DE SOUZA DANTAS (17 anos): “No ano passado eu fiz o Enem, só como teste, para conhecer a prova. Achei muito pesado! As questões nem são tão complicadas, mas são muitas. E, apesar de o tempo de prova ser bem longo, algo que nos cansa, é preciso correr para dar tempo de fazer tudo.”

MILLA MASCARIN (17 anos): “Este é um exame que testa muito a parte de conhecimento geral, por isso procuro estar sempre ligada nas questões da atualidade. Uso sempre a internet para isso! Também soube que este ano os textos devem ser um pouco menores, e torço para que seja verdade.”

ANDRÉ FAILLACE MONTE MÓR (17 anos): “Nesta reta final, sentimos a necessidade de dar um gás, dar uma acelerada nos estudos. E é natural que role uma certa angústia, por conta da imprevisibilidade das questões, e uma ansiedade com relação ao desempenho, pois ninguém quer jogar um ano de estudo fora.”

Notícia extraída daqui.

Leave a response

Your response: